June 9, 2018 / 4:14 PM / 6 months ago

Trump exige fim do comércio "injusto" após cúpula do G7

LA MALBAIE, Quebec (Reuters) - O presidente dos EUA, Donald Trump, disse no sábado ter afirmado aos líderes do Grupo dos Sete que os Estados Unidos queriam um rápido fim de práticas comerciais que, segundo ele, levaram a um êxodo de empresas americanas e empregos para outros países.

Trump, que irritou seus parceiros do G7 na semana passada com tarifas sobre as importações de aço e alumínio do Canadá, da União Européia e do México como parte de sua agenda “América Primeiro”, prometeu se manter firme até que os produtos norte-americanos tivessem acesso “justo” aos mercados.

“Tiveram vantagens sobre os Estados Unidos por décadas e décadas”, disse Trump em uma coletiva de imprensa no segundo e último dia da cúpula realizada no Canadá.

Trump disse que sugeriu aos outros líderes do G7 que todas as barreiras comerciais, incluindo tarifas e subsídios, sejam eliminadas.

“Você fica livre de tarifas, livre de barreiras, livre de subsídios”, disse ele. “Eu sugeri isso e espero que os demais líderes voltem à prancheta (para analisar a proposta)”.

Trump negou que a cúpula tenha sido contenciosa, uma observação que contradiz o que um oficial do G7 descreveu como uma arenga amarga na sexta-feira entre o presidente dos Estados Unidos e seus colegas sobre as tarifas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below