August 20, 2018 / 10:21 PM / 4 months ago

Sem Lula, Bolsonaro lidera disputa presidencial com 20%, seguido por Marina, com 12%, diz Ibope

SÃO PAULO (Reuters) - O pré-candidato do PSL à Presidência da República, deputado Jair Bolsonaro, lidera com alguma folga a corrida pelo Palácio do Planalto no cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 20 por cento das intenções de voto, mostrou pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira.

Candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede) participam de debate na RedeTV! 17/08/2018 REUTERS/Paulo Whitaker

Na sequência, vêm Marina Silva (Rede), que registrou 12 por cento, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 9 por cento, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), com 7 por cento, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), com 4 por cento e o senador Alvaro Dias (Podemos), com 3 por cento.

A pesquisa, realizada depois do registro de candidaturas no Tribunal Superior Eleitroal, tem margem de erro de 2 pontos percentuais, para cima ou para baixo, com nível de confiança de 95 por cento. O levantamento mostrou, segundo dados publicados no site do jornal O Estado de S. Paulo, 29 por cento de votos nulos e brancos e 9 por cento de indecisos.

No cenário com Lula, o ex-presidente lidera com 37 por cento, seguido por Bolsonaro (18 por cento), Marina (6 por cento), Ciro (5 por cento), Alckmin (5 por cento) e Dias (3 por cento).

Lula está preso desde abril em Curitiba, onde cumpre pena por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá. Embora o PT tenha registrado a candidatura do ex-presidente na semana passada, ele deve ser barrado de concorrer pela Lei da Ficha Limpa, que torna inelegíveis condenados por órgãos colegiados da Justiça.

A pesquisa do Ibope, encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela Rede Globo, foi feita entre os dias 17 e 19 de agosto, com 2.002 eleitores, em 142 municípios.

A última pesquisa Ibope, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), realizada em junho, mostrava quadro relativamente parecido.

No cenário sem Lula, Bolsonaro tinha 17 por cento, seguido por Marina (13 por cento), Ciro (8 por cento) e Alckmin (6 por cento). Haddad tinha apenas 2 por cento.

Com o ex-presidente, o petista liderava com 33 por cento, vindo depois Bolsonaro (15 por cento), Marina (7 por cento), Ciro (4 por cento) e Alckmin (4 por cento).

Na nova pesquisa, 60 por cento disseram que não votariam em Haddad de jeito nenhum se Lula for impedido de disputar a eleição e declarar apoio ao ex-prefeito de São Paulo, enquanto 13 por cento disseram que votariam com certeza e 14 por cento que poderiam votar.

Mas quando é medida a rejeição do eleitor em geral, apenas 16 por cento disseram que não votariam em Haddad de jeito nenhum. Nesse quadro, o líder é Bolsonaro, com 37 por cento, vindo depois Lula com 30 por cento, Alckmin com 25 por cento, Marina com 23 por cento e Ciro, com 21 por cento.

Por Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below