August 29, 2018 / 1:19 PM / in 3 months

Bunge, Santander e TNC anunciam programa para estimular produção sem desmatamento no Cerrado

Galhos são vistos em fazenda após desmatamento em Palmeirante, Tocantins 16/02/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino

SÃO PAULO (Reuters) - A Bunge, o banco Santander Brasil e a The Nature Conservancy (TNC) anunciaram nesta quarta-feira um mecanismo de financiamento de longo prazo, de até 10 anos, a agricultores do Cerrado brasileiro que se comprometam a não desmatar a vegetação nativa.

O programa de financiamento será implementado inicialmente com aproximadamente 50 milhões de dólares, e a expectativa é de que os empréstimos estejam disponíveis a partir de setembro.

Atualmente, mais de 25 milhões de hectares de terras desmatadas no Cerrado são aptas para expansão da área de grãos como a soja, segundo a TNC. O anúncio do programa foi feito na sede do Santander Brasil, em São Paulo.

Por José Roberto Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below