September 7, 2018 / 2:56 PM / 13 days ago

Financiamento da Argentina para 2019 está "exageradamente coberto", diz presidente do BC

BUENOS AIRES (Reuters) - O presidente do banco central da Argentina, Luis Caputo, afirmou nesta sexta-feira que o financiamento do governo para 2019 está totalmente “coberto” e que os altos rendimentos da dívida soberana estão “exagerados”.

Durante uma apresentação a executivos de finanças na cidade de Mendoza, Caputo insistiu que Argentina possui atualmente um tipo de câmbio competitivo e que a taxa de juros de 60 por cento é “de crise”, sendo inviável a médio e longo prazos.

Caputo afirmou ainda que o nível atual das reservas do banco central, de cerca de 51,140 bilhões de dólares, é “folgado”.

A Argentina espera que a diretoria do Fundo Monetário Internacional (FMI) vote na segunda metade de setembro um pedido de adiantamento de recursos estabelecidos em um convênio anterior, enquanto negocia com os governos provinciais o aval do orçamento de 2019 com o objetivo de conseguir o prometido “déficit zero”.

Reportagem de Luc Cohen e Jorge Otaola

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below