September 9, 2018 / 1:47 PM / 11 days ago

Síria e Rússia retomam ataques aéreos em Idlib, dizem testemunhas

AMMAN (Reuters) - Jatos russos e sírios retomaram ataques intensivos em Idlib e Hama neste domingo, disseram moradores e membros de equipes de resgate, intensificando a ofensiva contra a última grande fortaleza dos rebeldes, depois que uma cúpula russo-iraniana-turca não conseguiu realizar um acordo de cessar-fogo.

As testemunhas disseram que os helicópteros do exército Sírio lançaram bombas de barris - tipicamente cheias de explosivos e estilhaços - em aldeias de Al-Habeet e Abdin no sul de Idlib e em outras aldeias na região.

O exército sírio nega o uso de bombas de barril. No entanto, investigadores das Nações Unidas documentaram extensivamente seu uso pelo exército.

Jatos russos, por sua vez, podem ter atingido cidades próximas de Latamneh e Kafr Zeita, no norte de Hama, disseram uma organização que monitora ataques aéreos na Síria e uma fonte dos rebeldes.

Damasco, apoiado pelos aliados Rússia e Irã, vem preparando um grande ataque para recuperar Idlib e áreas adjacentes do noroeste. A província é o último reduto principal da Síria de oposição ativa ao governo do presidente Bashar al-Assad.

Aviões de guerra russos e sírios retomaram sua campanha de bombardeios depois que uma cúpula dos presidentes da Turquia, Irã e Rússia na sexta-feira não conseguiu chegar a um acordo sobre um cessar-fogo que impediria a ofensiva.

Reportagem de Suleiman Al-Khalidi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below