September 10, 2018 / 11:29 PM / 2 months ago

Bolsonaro tem condições clínicas estáveis e seguirá a campanha pela internet

(Reuters) - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, segue na UTI do hospital Albert Einstein com quadro estável e sem sinais de infecção, informou o segundo boletim médico desta segunda-feira, e seguirá com sua campanha, quando tiver condições, via internet, segundo um de seus filhos.

Candidato do PSL à Presidência, deputado Jair Bolsonaro 4/7/2018 REUTERS/Adriano Machado

“O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado desde o último dia 7 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Israelita Albert Einstein permaneceu durante o dia em condições clínicas estáveis. Ele realizou fisioterapia —caminhada e exercícios respiratórios— sem apresentar dor”, afirma o boletim da equipe médica que cuida do presidenciável.

“O paciente não apresenta febre ou outros sinais de infecção e permanece em tratamento clínico intensivo. Mantém jejum oral, recebendo nutrientes por via endovenosa”, acrescentam os médicos.

Líder na corrida presidencial, Bolsonaro sofreu lesões nos intestinos grosso e delgado e em uma veia abdominal ao ser esfaqueado durante ato de campanha em Juiz de Fora na última quinta-feira. No mesmo dia, ele passou por delicada cirurgia de emergência, e foi transferido para São Paulo na manhã de sexta-feira.

Pela manhã, o boletim médico se referia pela primeira vez ao estado do deputado como grave, desde sua intenção no hospital paulista, em uma mudança de tom com relação ao boletim da manhã de domingo, que falava em “nítida melhora clínica e laboratorial”.

O Einstein destacava ainda que será preciso uma nova cirurgia “de grande porte” posteriormente, “a fim de reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia”. A necessidade de uma futura cirurgia estava prevista desde a colocação da bolsa já na quinta-feira.

Na segunda comunicação do dia, a equipe médica voltou a falar da nova cirurgia, esclarecendo que “será realizado no futuro em uma internação eletiva”.

Em publicação no Twitter após a divulgação do boletim da manhã, Bolsonaro disse que tem se comunicado menos por conta da recuperação, e que tem contado com a ajuda de um dos filhos.

O deputado agradeceu ao apoio recebido nos últimos dias, em uma mensagem acompanhada por um vídeo com imagens de atos de solidariedade realizados em diferentes cidades do país nos últimos dias. “Este apoio é nosso combustível”, afirmou.

À tarde, o deputado estadual Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidenciável, disse que seu pai seguirá com a campanha por meio da internet.

“Ele vai fazer a campanha agora, quando tiver condições, basicamente via internet e da nossa parte e de todos os candidatos do PSL um empenho ainda maior para mostrar para quem tentou tirar a vida dele e manchar de sangue essa campanha eleitoral que a vontade do povo vai ser respeitada”, disse Flavio a jornalistas, após deixar a sede da Polícia Federal em Brasília.

Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro, e Alexandre Caverni, em São Paulo; reportagem adicional de Ricardo Brito, em Brasília

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below