September 26, 2018 / 6:08 PM / 2 months ago

Partido Trabalhista votará contra plano de May para o Brexit, diz líder

Líder trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, em Liverpool 26/09/2018 REUTERS/Phil Noble

LIVERPOOL, Inglaterra (Reuters) - O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, disse nesta quarta-feira que a legenda de oposição votará contra um acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia baseado nas propostas da primeira-ministra Theresa May, no alerta mais forte até o momento para uma premiê cujos planos para o Brexit estão por um fio.

No último dia da conferência anual do partido, Corbyn procurou mostrar que está pronto para assumir as rédeas do poder, dando detalhes do que ele chamou de “um plano radical para reconstruir” o Reino Unido, incluindo a promessa de “uma revolução de empregos ‘verdes’”.

Corbyn também fez uma aposta direta pelo apoio daqueles de fora da capital britânica que votaram para deixar a UE, frequentemente frustrados por terem sido desprezados por uma elite baseada em Londres, dizendo que o Partido Trabalhista estava pronto para assumir as difíceis negociações do Brexit.

O Reino Unido não deve ter uma nova eleição antes de 2022, mas os trabalhistas estão se preparando para uma possível votação inesperada. A posição de May, já precária, foi abalada ainda mais na última semana quando a UE rejeitou sua proposta de Brexit, conhecida como proposta de Chequers, que também é impopular dentro do seu próprio Partido Conservador.

Corbyn disse que o Partido Trabalhista respeita o resultado de um referendo de 2016, quando britânicos votaram a favor de deixar a UE, na maior mudança de política comercial e exterior em mais de 40 anos.

“Como está, o Trabalhista votará contra o plano Chequers ou o que sobrar dele, e irá se opor a deixar a UE sem acordo”, disse Corbyn em um salão lotado durante a conferência da legenda na cidade de Liverpool.

“E é inconcebível que nós saiamos da Europa sem acordo — isso seria um desastre nacional. É por isso que, se o Parlamento votar um acordo dos conservadores ou se o governo falhar em alcançar algum acordo, nós pressionaríamos por uma eleição geral”, disse ele sendo ovacionado.

O Brexit divide o Partido Trabalhista assim como faz dentro do Conservador e na maior parte do país, mas Corbyn tem tentado remendar a divisão de seu partido ao manter aberta a opção de realizar um segundo referendo sobre a permanência na UE.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below