September 27, 2018 / 12:49 PM / 3 months ago

PF cumpre mandados de busca em Teresina em investigação contra senador Ciro Nogueira

Policia Federal deixa o prédio do Congresso Nacional após ocnfiscar documentos no gabinete do senador Ciro Nogueira em Brasilia, no mês de abril A federal police officer leaves the Brazilian National Congress after confiscating documents in the office of Senator Ciro Nogueira on suspicion of obstruction of justice, in Brasilia, Brazil April 24, 2018. REUTERS/Adriano Machado - RC11B8C6A150

(Reuters) - A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira operação para cumprir mandados de busca e apreensão em dois endereços de Teresina, como parte de inquérito que investiga o senador e presidente do PP, Ciro Nogueira (PI), por suspeita de envolvimento em esquema de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A PF informou em nota oficial, sem identificar os alvos da operação, que cumpriu mandados expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na capital no Piauí para aprofundar as investigações de supostos crimes cometidos por empresários de uma grande empreiteira, políticos e doleiros.

A defesa de Ciro Nogueira disse que o senador não foi alvo diretamente das medidas cumpridas pela PF, mas confirmou a realização de busca e apreensão contra o PP e apontou um “evidente prejuízo eleitoral” pela deflagração da operação a 10 dias das eleições, nas quais Ciro é candidato à reeleição.

“A defesa indaga o porquê de ser determinada busca e apreensão contra o PP a 10 dias das eleições? Obviamente não havia necessidade e urgência para esta medida neste momento”, disse em nota o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay.

“A defesa não se preocupa em absoluto com o que foi apreendido, mas denuncia o uso eleitoral que certamente se fará desta decisão judicial inoportuna, inadequada e desmedida neste momento. A criminalização da política tem que ser enfrentada em nome da normalidade democrática”, acrescentou.

De acordo com a Polícia Federal, as investigações tiveram início com acordos de colaboração premiada firmados por executivos de uma empreiteira junto à Procuradoria-Geral da República, que apontaram os caminhos percorridos por valores que teriam sido desviados de obras públicas concedidas à empresa.

Ciro Nogueira já fora alvo de mandados de busca e apreensão cumpridos pela PF em abril no âmbito de investigação sobre suspeita de obstrução de Justiça por tentativa de comprar o silêncio de um ex-assessor que estaria colaborando com investigadores, de acordo com uma fonte com conhecimento das investigações. [nL1N1S11Z1]

Por Ricardo Brito, em Brasília, e Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below