October 3, 2018 / 3:33 PM / 19 days ago

Junta médica diz que Bolsonaro não tem condições de participar de debate

(Reuters) - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, não irá ao debate de quinta-feira na TV Globo por recomendação de uma junta médica do hospital Albert Einstein, onde esteve internado por três semanas para se recuperar de um atentado à faca, disse nesta quarta-feira um dos médicos responsáveis pelo atendimento ao deputado.

Candidato do PSL à Presidência, deputado Jair Bolsonaro 4/7/2018 REUTERS/Adriano Machado

Bolsonaro lidera as pesquisas de intenção de voto para o primeiro turno de domingo e viu sua vantagem sobre o segundo colocado, Fernando Haddad (PT), aumentar nos últimos levantamentos.

Na semana passada, o presidente do PSL, Gustavo Bebianno, já havia dito à Reuters que Bolsonaro não participaria do debate da TV Globo, o último entre os candidatos ao Palácio do Planalto antes da votação de domingo, por recomendação médica.

Médicos que visitaram Bolsonaro na casa do candidato no Rio de Janeiro nesta quarta-feira para uma reavaliação confirmaram que ele não irá ao debate para não prejudicar sua recuperação.

“Depois da nossa avaliação clínica, nós contraindicamos a participação em debates ou em qualquer atividade que pudesse cansá-lo ou obrigá-lo a falar por mais de 10 minutos”, disse o cirurgião Antonio Luiz Macedo a jornalistas em entrevista ao sair da casa de Bolsonaro, de acordo com vídeo publicado no Twitter oficial do deputado.

“Ele ainda não tem condições de ficar por mais de 10 ou 15 minutos em discussão ou em uma atividade que exija esforço físico, isso pode prejudicar a evolução dele”, acrescentou. “Ele desejava participar... Ele não vai porque é extremamente obediente.”

Bolsonaro recebeu alta hospitalar no sábado, após passar três semanas internado se recuperando de uma facada sofrida durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG) em 6 de setembro. O candidato passou por duas cirurgias, a primeira ainda na cidade mineira e outra para desobstrução intestinal já no hospital paulista.

De acordo com o médico, Bolsonaro tem apresentado recuperação “muito boa” e estará totalmente recuperado em mais 7 a 10 dias. O candidato já não está mais fazendo uso de antibióticos, e foi descartado qualquer risco de infecção, de acordo com o médico.

“Pudemos observar que a recuperação dele está indo muito bem, ele é extremamente correto, extremamente cuidadoso na fisioterapia, nos cuidados médicos, extremamente obediente, e então esta tendo uma recuperação muito boa.”

Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below