October 8, 2018 / 12:58 AM / 2 months ago

Haddad diz que buscará unir democratas no 2º turno porque há muito em risco na eleição

Fernando Haddad, candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), comemora 2º turno com apoiadores em São Paulo 07/10/2018 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, disse neste domingo que buscará unir os democratas do Brasil na campanha do segundo turno da eleição presidencial, porque há muito em jogo nessa disputa, até mesmo o pacto da Constituição de 1988.

Haddad, que disputará o segundo turno da eleição presidencial contra o vencedor da primeira rodada neste domingo, Jair Bolsonaro (PLS), disse que sempre esteve do lado da legalidade e da democracia.

Numa clara alusão a Bolsonaro, que defende uma maior flexibilização no porte de armas, Haddad disse que defenderá o Brasil e seu povo com a força do argumento e não com armas.

Reportagem de Lisandra Paraguassu; Texto de Alexandre Caverni; Edição de Maria Pia Palermo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below