October 11, 2018 / 1:30 PM / 5 days ago

Furacão Michael aterroriza norte-americanos que não saíram de áreas de risco

PANAMA CITY BEACH, Estados Unidos (Reuters) - Andrew Lamonica, aposentado de 64 anos e morador de longa data de Panama City Beach, ignorou as ordens de retirada emitidas pelas autoridades antes de um dos furacões mais intensos que já atingiram os Estados Unidos e aguardou o fim da tempestade em seu bangalô alugado.

Andrew Lamonica observa árvore que caiu sobre sua casa durante passagem do furacão Michael, na Flórida, Estados Unidos 10/10/2018 REUTERS/Jonathan Bachman

Um pinheiro grande caiu sobre sua casa após um estalo assustador, inundando o interior do local enquanto a chuva entrava pelo teto destroçado. Duas outras árvores dentro da propriedade caíram, mas seu Cadillac 2011 —“minha preciosidade”— não sofreu nem um arranhão.

    “Moro aqui a vida inteira, e a tempestade trouxe coisas que nunca vi”, disse Lamonica. “Houve vários momentos em que pensei que talvez devesse ter partido”.

    Lamonica teve sorte. A primeira morte nos Estados Unidos causada pela chegada do furacão Michael na quarta-feira, segundo as autoridades locais, foi de uma “pessoa do sexo masculino” atingida pela queda de uma árvore em sua casa na área de Tallahassee.

Michael causou danos em Panama City de diversas formas —placas de sinalização invadiram alguns pontos comerciais, enquanto outros locais escaparam ilesos. Sem eletricidade e com as ruas repletas de linhas de transmissão caídas, árvores derrubadas e destroços, a cidade foi submetida a um toque de recolher à noite.

    Joey Morrison, vidraceiro de 30 anos, disse que os ventos de 250 km/h do Michael atingiram a porta de sua casa em Panama City Beach com tanta força que ele teve que reforçá-la com parafusos — e mesmo assim teve que se sentar de encontro a ela para mantê-la fechada.

    “Fiquei tão assustado que pensei ‘devia ter partido’. Porque não foi parecido com nada que já aconteceu aqui”, contou.

    Alguns dos que saíram de Panama City Beach não ficaram menos aterrorizados.

    “Meu Deus, é assustador. Não esperava tudo isso”, disse Bill Manning, funcionário de 63 anos de uma mercearia que deixou seu trailer em Panama City e se hospedou em um hotel.

    Ele viu árvores e postes oscilando através de uma janela.

    “Panama City, não sei se sobrará muita coisa”, disse.

    Michael atingiu o continente norte-americano em Mexico Beach, cerca de 30 quilômetros a leste de Panama City, como uma tempestade de categoria 4 e depois seguiu terra adentro rumo ao sudeste.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below