October 21, 2018 / 7:24 PM / 2 months ago

Turquia coloca noiva de jornalista assassinado sob proteção 24h

ISTAMBUL (Reuters) - Autoridades turcas colocaram a noiva do jornalista saudita assassinado Jamal Khashoggi sob proteção 24 horas da polícia, afirmou a agência estatal de notícias Anadolu neste domingo.

Khashoggi, um residente nos Estados Unidos e colunista do Washington Post, desapareceu em 2 de outubro depois que entrou no consulado saudita em Istambul para obter documentos para seu casamento com Hatice Cengiz.

Por semanas, a Arábia Saudita negou conhecimento sobre o que aconteceu com o jornalista, inicialmente alegando que Khashoggi saiu do edifício. No sábado, Riad afirmou que ele foi morto em uma briga no consulado. O ministro de Relações Exteriores da Arábia Saudita afirmou neste domingo que a morte do jornalista foi um “enorme grave erro”.

O gabinete do governo de Istambul colocou Cengiz, uma cidadã turca, sob proteção policial 24 horas, informou a Anadolu. Autoridades não responderam pedidos de comentário sobre o que gerou a decisão de dar a ela proteção policial.

No dia em que Khashoggi desapareceu, Cengiz esperou por horas por ele do lado de fora do consulado e, quando ele não retornou, ela entrou em contato com autoridades conforme ele havia instruído a ela, disse Cengiz.

Depois que a Arábia Saudita confirmou a morte do colunista, ela escreveu no Twitter em árabe: “Eles levaram seu corpo deste mundo, mas seu lindo sorriso vai ficar no meu mundo para sempre.”

Por Gulsen Solaker e Yesim Dikmen

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below