December 1, 2018 / 5:55 PM / 11 days ago

G20 evita falar de tensões comerciais, mas apoia reforma da OMC; Trump confirma encontro com Xi

BUENOS AIRES (Reuters) - O grupo de 20 nações industrializadas reunidas no G20 evitou se referir às atuais tensões comerciais globais, mas apoiou uma reforma da Organização Mundial do Comércio (OMC), conforme cópia do comunicado conjunto que pretendem emitir, obtido pela Reuters. 

Os Estados Unidos reafirmaram o compromisso de se retirar do Acordo de Paris, enquanto os membros do G20 que assinaram o pacto pelo meio-ambiente declararam que o acordo é irreversível e disseram que seria totalmente implementado. 

Neste sábado, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que terá uma reunião com o presidente chinês, Xi Jinping, para discutir o comércio após o encerramento da cúpula do G-20 na Argentina.

“Estaremos nos reunindo com o presidente Xi esta noite ... e estaremos falando sobre uma coisa chamada comércio e provavelmente outras coisas, mas principalmente comércio. É uma reunião muito importante”, disse Trump.

Ele também afirmou que trabalharia para endireitar o desequilíbrio comercial nas negociações com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Falando ao lado de Trump em uma coletiva de imprensa conjunta, Merkel acrescentou que os dois abordarão questões relacionadas ao comércio e à OMC, e que discutirão a Ucrânia, a Síria e o pacto de armas nucleares com a Rússia.

Por Roberta Rampton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below