January 29, 2019 / 2:39 PM / 18 days ago

Ministro Canuto diz que não há condições de fiscalizar todas as barragens, é preciso priorizar

Represa da Vale em Brumadinho 29/01/2019 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, afirmou nesta terça-feira que não há condições de fiscalizar todas as barragens existentes no país, por isso é necessário priorizar.

Segundo o ministro, há no país mais de 20 mil barragens cadastradas e dessas, 3.386 são classificadas com dano potencial alto ou risco alto.

Em relação ao colapso da barragem da Vale, em Brumadinho (MG), Canuto afirmou que nessa região não deve ser permitida nenhuma estrutura a não ser que seja absolutamente necessária para a operação essencial da mina.

O ministro afirmou ainda, após reunião do Conselho do Governo realizada no Palácio do Planalto, que é preciso rever o plano de barragens no país.

Por Ricardo Brito e Lisandra Paraguassu; Edição de Maria Pia Palermo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below