January 30, 2019 / 12:27 PM / 8 months ago

CORREÇÃO-Especialistas da ONU pedem investigação sobre rompimento de barragem da Vale

REUTERS/Adriano Machado

(Corrige sobrenome no segundo parágrafo para Tuncak, não Tuncat)

GENEBRA (Reuters) - Especialistas em direitos humanos da ONU pediram nesta quarta-feira uma investigação imparcial sobre o rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho (MG) e sobre a toxicidade dos rejeitos da mina de minério de ferro envolvida na tragédia que deixou dezenas de mortos e quase 300 desaparecidos.

Em comunicado, o especialista da ONU em descarte de substâncias perigosas Baskut Tuncak, pediu ao governo brasileiro que priorize as avaliações de segurança das barragens e não autorize novas barragens de rejeitos até que a segurança seja garantida.

“Incitamos o governo a agir decisivamente em seu compromisso de fazer tudo o que estiver ao seu alcance para evitar mais tragédias desse tipo e levar à Justiça os responsáveis pelo desastre”, disseram relatores especiais da ONU, segundo comunicado.

A Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, prometeu reduzir a produção por segurança para evitar outro rompimento de uma barragem de rejeitos depois do colapso da estrutura Brumadinho ocorrido na sexta-feira. A mineradora aprovou, ainda, investimentos de 5 bilhões de reais para acabar com as barragens a montante, o mesmo sistema utilizado na estrutura que se rompeu em Brumadinho.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below