February 3, 2019 / 4:11 PM / 7 months ago

Turquia diz que países que apoiam Guaidó alimentam crise na Venezuela

ISTAMBUL (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Turquia afirmou neste domingo que os países que reconheceram o auto-proclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, estão alimentando problemas daquele país e punindo milhões de pessoas.

A Turquia apoiou o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, em contraste com os aliados da Otan, Estados Unidos e Canadá, e vários países latino-americanos de direita, que reconheceram a decisão de Guaidó de declarar-se líder interino.

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, que fortaleceu os laços econômicos e políticos com Caracas, pediu a Maduro, no mês passado, que resistisse ao que descreveu como “desdobramentos antidemocráticos”.

O ministro das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, disse neste domingo que os países que apoiavam Guaidó deveriam ter trabalhado em negociações para resolver a crise da Venezuela.

“Há um problema em um país, há uma faísca que pode se transformar em um incêndio a qualquer momento. Neste caso, eles deveriam ter contribuído para a solução do problema através do diálogo”, disse Cavusoglu a repórteres em Istambul.

Por Dominic Evans

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below