May 16, 2019 / 12:30 PM / in 5 months

Prefeito de Nova York anuncia pré-candidatura presidencial democrata para 2020

Prefeito de Nova York, Bill de Blasio REUTERS/Lucas Jackson

NOVA YORK (Reuters) - O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, um democrata progressista que critica com frequência o governo Trump, decidiu pleitear o emprego do presidente.

De Blasio, de 57 anos, anunciou sua pré-candidatura à presidência nesta quinta-feira, depois de meses de especulações de que ele entraria em uma lista crescente de democratas dispostos a desafiar o presidente Donald Trump em 2020.

O prefeito, que não pode concorrer a um terceiro mandato de quatro anos em 2021, emergiu em 2013 como uma voz de destaque de uma ala de esquerda florescente que reformulou seu partido — mas desde então teve dificuldade em construir um perfil nacional, e seu índice de aprovação encolheu depois de vários contratempos políticos.

De Blasio publicou um vídeo anunciando sua pré-candidatura antes de participar do programa “Good Morning America”, da rede ABC. Ele deve viajar a Iowa e Carolina do Sul, Estados que votam cedo, neste final de semana para começar sua campanha.

O prefeito planeja enfatizar seu histórico de conquistas progressistas, como as escolas pré-jardim de infância universais, um salário mínimo de 15 dólares e licença médica remunerada — tudo em uma cidade de 8 milhões de habitantes, mais do que muitos Estados norte-americanos.

Mas De Blasio enfrentará uma batalha dura para se destacar entre quase duas dúzias de concorrentes democratas, entre eles o ex-vice-presidente Joe Biden e ícones liberais como os senadores Elizabeth Warren, de Massachusetts, e Bernie Sanders, do Vermont.

A maioria dos nova-iorquinos não parece entusiasmada com as aspirações presidenciais de De Blasio. Uma pesquisa de abril da Universidade Quinnipiac mostrou que mais de três quartos deles não acham que ele deveria cobiçar a Casa Branca.

Sua popularidade foi abalada quando uma investigação federal revelou que ele sondou agências municipais em nome de doadores, mas ele foi absolvido da acusação de irregularidade criminal. De Blasio negou qualquer má conduta, dizendo que sempre agiu de forma apropriada.

De Blasio criticou Trump duramente em temas como a mudança climática, a imigração e o policiamento. Na segunda-feira, ele fez uma coletiva de imprensa dentro da Trump Tower para pedir à Organização Trump que obedeça os padrões de emissões recém-aprovados em seus arranha-céus ou pagará multas significativas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below