June 22, 2019 / 7:24 PM / 4 months ago

Candidato a primeiro-ministro do Reino Unido evita perguntas sobre visita da polícia

LONDRES (Reuters) - Boris Johnson, favorito ao posto de primeiro-ministro do Reino Unido, disse neste sábado que membros do partido não estavam interessados no motivo de a polícia ter sido chamada para verificar o bem estar de um mulher em sua casa. 

No começo da sexta-feira, a polícia britânica foi chamada para a casa de Johnson, depois de vizinhos ouvirem uma alta discussão entre ele e sua namorada.

Johnson se recusou a responder perguntas sobre o incidente em evento em Birmingham, no centro da Inglaterra, dizendo que membros do partido preferiam ouvir sobre seus planos para o Reino Unido, não sobre o ocorrido.

“Eu não acho que (membros da audiência) querem ouvir sobre esse tipo de coisa, a não ser que eu esteja errado”, disse Johnson, ao ser questionado sobre o incidente, gerando aplausos no público.

“Eu acho que eles querem ouvir meus planos para o país e para meu partido”. 

Reportagem adicional de Hannah McKay, em Birmingham

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below