June 25, 2019 / 8:09 PM / 6 months ago

Maia defende votar Previdência mais rápido possível e quer negociação com governadores

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, em Brasília 17/10/2017 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta terça-feira que a votação da reforma da Previdência na comissão especial ocorra o mais rápido possível, mas ressaltou que é importante uma última negociação com governadores antes da apresentação do complemento de voto do relator, Samuel Moreira (PSDB-SP).

“Nós estamos trabalhando para votar o mais rápido possível, mas alguns governadores devem estar em Brasília entre hoje e amanhã. Eu pretendo, antes do relator ler a complementação de voto, que a gente possa ter dialogado com todos os governadores sobre algum acordo” para incluir Estados e municípios no texto da reforma já na comissão, disse Maia a jornalistas.

O presidente da Câmara previa que a votação da reforma na comissão deveria ocorrer até quinta-feira desta semana, mas ele argumentou que pode ser melhor esperar um pouco e se conseguir um resultado melhor.

“Acho que a gente precisa só ter um certo cuidado, porque às vezes avança mais rápido e a gente depois descobre que tinha espaço para fazer acordo com os governos e incluir Estados e municípios”, defendeu. “Nessa reta final, um dia ou dois dias não vai fazer diferença. Mas deixar os governadores de fora fará uma diferença brutal.”

Apesar de admitir que a votação não ocorra em função de alguma negociação com os governadores, Maia ressaltou que “o ideal é votar nesta semana, se não nesta semana no máximo na próxima terça-feira”.

Mas pouco antes, o líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), havia dito que a bancada de seu partido vai trabalhar pelo adiamento da votação da reforma.

Segundo Lira, ainda há pontos polêmicos no parecer do relator. “Da parte do meu partido —não posso falar pelos outros—, nós vamos trabalhar para que não se vote, claro, nesta semana”, disse o líder do PP, um dos partidos do chamado centrão, grupo político com força para influenciar nas votações da Casa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below