July 27, 2019 / 3:42 PM / 25 days ago

Polícia dispara gás lacrimogêneo e balas de borracha contra manifestantes em Hong Kong

HONG KONG (Reuters) - A polícia disparou bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha contra manifestantes que atiravam pedras do outro lado durante conflitos em uma cidade na região rural de Hong Kong no sábado, enquanto milhares de ativistas se reuniram para protestar contra um ataque feito por supostos integrantes de gangues em uma estação na semana passada. 

Ativistas seguiram adiante com a marcha em Yuen Long, palco do ataque cometido por homens com pedaços de pau, apesar da recusa da polícia em permitir o protesto por motivos de segurança. 

Pedras e garrafas foram atiradas pelos manifestantes, que construíram barricadas feitas com móveis abandonados na rua e guarda-chuvas, o que criou uma série de confrontos. 

A polícia, criticada amplamente por falhar em proteger o público do ataque na semana passada, respondeu no domingo com gás lacrimogêneo e granadas de esponja, um tipo de arma não-letal de controle de multidões. 

Embora vários manifestantes tenham deixado a área depois de escurecer, centenas continuaram por lá. Muitos estavam armados com paus e escudos improvisados feitos de madeira, pranchas de surfe, papelão e outros materiais. 

Mais cedo, testemunhas da Reuters viram um grupo de ativistas com pequenos bastões de metal, vigas de madeira e estilingues, em direção ao confronto.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below