September 2, 2019 / 11:12 AM / 2 months ago

Reprovação de Bolsonaro sobe para 38% e aprovação vai a 29%, diz Datafolha

(Reuters) - A reprovação ao presidente Jair Bolsonaro subiu para 38% em agosto ante 33% em julho, enquanto a aprovação passou para 29% de 33%, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira.

Presidente Jair Bolsonaro durante evento no Palácio do Planalto 10/08/2019 REUTERS/Adriano Machado

Aqueles que avaliam o governo Bolsonaro como regular ficou estável, passando de 31% para 30%, segundo o levantamento realizado com 2.878 pessoas em 175 municípios. A pesquisa, publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, tem margem de erro de dois pontos percentuais.

Bolsonaro viu sua reprovação aumentar principalmente na Região Nordeste, onde aqueles que consideram seu governo ruim ou péssimo foram a 52% em agosto ante 41% em julho. No fim de julho, Bolsonaro chamou governadores nordestinos de “paraíbas” quando achava que não estava sendo gravado.

O aumento da rejeição do presidente também ocorre após as queimadas na Amazônia, que geraram forte pressão internacional sobre o Brasil. Pesquisa Datafolha divulgada no domingo mostrou grande rejeição à condução de Bolsonaro no quesito, com 51% dos entrevistados a considerando ruim ou péssima.

Entre outras medidas polêmicas dos últimos meses, o presidente anunciou que pretende indicar o filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada em Washington e entrou em desacordo com o ministro da Justiça, Sergio Moro.

O presidente também sofreu perda de apoio entre os mais ricos, aqueles com renda mensal acima de 10 salários mínimos, de acordo com o levantamento. Neste segmento, a aprovação caiu para 37% em agosto ante 52% em julho.

Também aumentou a rejeição ao comportamento de Bolsonaro. Para 32%, o presidente não se comporta de forma adequada para o cargo em nenhuma ocasião, uma alta de 7 pontos em relação a julho.

PESQUISA XP

Outra pesquisa divulgada nesta segunda-feira, da XP Investimentos, mostrou que a avaliação negativa do governo Bolsonaro oscilou para cima.

Nesse levantamento, o grupo que considera a administração ruim ou péssima passou para 41%, ante 38% na pesquisa divulgada em agosto. Ao mesmo tempo, os que veem o governo como ótimo ou bom oscilaram para 30%, em comparação aos 33% anteriores. A margem de erro da sondagem é 3,2 pontos percentuais.

A pesquisa, realizada pelo Ipespe entre os dias 27 e 29 de agosto e conduzida na sequência do noticiário a respeito das queimadas na Amazônia, ouviu 1.000 pessoas no país.

Para 44% dos entrevistados, a ação do governo para combater os incêndios é ruim ou péssima. Outros 26% avaliam a resposta do governo como boa ou ótima, e 28% consideraram regular.

A ação de fazendeiros ou posseiros é vista por 39% dos entrevistados como principal responsável pelas queimadas, enquanto apenas 13% atribuem maior responsabilidade às ONGs, como foi sugerido algumas vezes por Bolsonaro. O próprio governo é apontado como principal responsável por 20%, enquanto 21%apontam para fatores climáticos.

Em relação à ajuda financeira anunciada pelo presidente francês, Emmanuel Macron, durante cúpula do G7, para combater os incêndios na Amazônia, 70% são favoráveis a aceitá-la, ao passo que 24% são contrários.

Já quando questionados sobre o que veem como motivo para a ajuda financeira, 62% dos entrevistados falaram em interesses políticos e econômicos que podem afetar a soberania do país, em linha com o discurso do presidente.

Já outros 29% acreditam que a oferta de ajuda é fruto da preocupação dos líderes mundiais com a floresta e com a biodiversidade do planeta.

Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro, e Ricardo Brito, em Brasília

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below