April 25, 2020 / 7:14 PM / 3 months ago

Crianças espanholas preparam-se para sair às ruas depois de seis semanas em isolamento

MADRI (Reuters) - A Espanha emitiu orientações, neste sábado, que permitem que crianças saiam ao ar livre, após seis semanas vivendo sob um dos isolamentos mais rígidos da Europa, com os números confirmando contagem diária de mortes por coronavírus bem abaixo do pico no começo deste mês. 

O Ministério da Saúde da Espanha informou que mais 378 pessoas morreram após serem diagnosticadas com coronavírus, um pequeno crescimento em relação às 367 de sexta-feira, o menor total no último mês, mas bem abaixo do que o pico de 950 em 2 de abril. 

O total de mortes em um dos países mais afetados pelo vírus cresceu para 22.902 e o número de casos subiu para 233.759 de 219.764 no dia anterior. 

A Espanha vê evidências suficientes de que o vírus está sob controle para começar a afrouxar seu isolamento. Crianças estavam testando suas máscaras em antecipação ao primeiro gosto de ar livre desde que o primeiro-ministro Pedro Sánchez declarou estado de emergência em 14 de março. 

O governo afirmou que crianças com menos de 14 anos poderão, a partir de domingo, fazer uma hora de atividade supervisionada fora de casa por dia, entre às 9h e às 21h, ficando dentro de um raio de um quilômetro de suas moradias. 

Adultos podem acompanhar até três crianças, que não poderão usar playgrounds e precisam aderir às orientações de distanciamento social, permanecendo a pelo menos dois metros de outras pessoas. 

O governo ainda não disse quando as medidas de confinamento serão aliviadas para as outras crianças. 

O chefe de saúde emergencial da Espanha, Fernando Simon, pediu que as pessoas evitassem “euforia excessiva” em relação às medidas que reduzem o confinamento e disse que “precisamos manter a responsabilidade coletiva”. 

Oficiais de polícia pediram que os pais não abusem do sistema e assegurem que seus filhos sigam as regras. 

Em 13 de abril, setores como a construção civil e a manufatura receberam permissão para reabrirem, mas, com a maioria das pessoas ainda confinadas em suas casas exceto para motivos essenciais, lojas, bares e espaços públicos permanecem fechados. 

O presidente regional da Catalunha, Quim Torra, anunciou o plano da região para aliviar medidas de isolamento, incluindo horas específicas para crianças de diferentes idades saírem às ruas. 

Defendendo suas medidas, que ignoram orientações do Ministério da Saúde e sublinham o descontentamento em algumas regiões com a reação nacional, Torra afirmou: “Temos o direito de ter nosso próprio plano para diminuir o confinamento”. 

Em Pineda de Mar, no nordeste da Espanha, costureiras voluntárias trabalhavam duro para fazer máscaras para as crianças antes da medida que começam a diminuir o confinamento.

“Mais de 100 pessoas estão produzindo equipamentos de proteção”, disse o prefeito da cidade Xavier Amor, à Reuters. “Começamos com máscaras e depois seguimos com demandas de hospitais, centros de saúde e casas de repouso”. 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below