April 28, 2020 / 3:09 PM / in a month

Moody's piora projeção e passa a ver queda de 5,2% do PIB brasileiro em 2020

Logo da agência Moody's em Nova York 02/08/2011 REUTERS/Mike Segar

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody’s rebaixou a previsão para o desempenho da economia brasileira neste ano, passando a prever contração de 5,2%, enquanto cortou as projeções para todos os países do G20 conforme os custos da pandemia do coronavírus se acumulam “rapidamente”.

No começo do mês, a agência previa que o PIB brasileiro encolheria 1,6% em 2020. Para 2021, a Moody’s vê crescimento de 3,3%.

A agência —que atribui ao Brasil rating de crédito soberano de longo prazo em moeda estrangeira de “Ba2”, com perspectiva estável— calculou que as medidas de apoio do governo brasileiro contra os efeitos econômicos do coronavírus somam cerca de 6,5% do PIB, mas avaliou que deverão ser expandidas conforme a escala dos danos econõmicos se tornar mais clara e a pressão da opinião pública por mais ação crescer.

A Moody’s inclui o Brasil na lista de países cujos governos adotaram medidas menos rigorosas de combate à transmissão da pandemia, junto com México, Turquia, Indonésia, Arábia Saudita e Rússia.

A agência estima que a economia do G20 cairá 5,8% em 2020.

Por José de Castro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below