for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

SP tem alta de mortes por Covid-19 na última semana e interrompe série de quedas

Coveiros se preparam para sepultar mulher que morreu com suspeita de ter sido infectada pelo novo coronavírus, no cemitério de Vila Formosa, em São Paulo 16/07/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

SÃO PAULO (Reuters) - O Estado de São Paulo registrou uma alta de 14% no número de mortos por Covid-19 na última semana e interrompeu uma sequência de três semanas em que vinha registrando queda no número de óbitos causados pela doença respiratória provocada pelo novo coronavírus, e autoridades estaduais atribuíram a alta a um aumento dos casos fatais no interior que afirmaram ser previsto.

Na semana encerrada no último sábado, o Estado registrou 1.945 novas mortes por Covid-19, contra as 1.706 computadas na semana anterior, de acordo com os dados da Secretaria de Saúde de São Paulo.

O coordenador-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus do governo paulista, João Gabbardo, disse que uma alta de 14% é considerada como sendo de um quadro de estabilidade na epidemia e atribuiu a quebra na sequência de queda no número de mortos ao interior do Estado.

“Nós estávamos há três semanas com redução no número total de óbitos, mas isso não altera o que nós imaginávamos desde o início do plano”, disse Gabbardo em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

“Nesta última semana o aumento (do número de óbitos) no interior foi da ordem de 24%. São números que, no total, mantêm o Estado numa situação de estabilidade, dentro da nossa previsão”, afirmou.

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado nesta segunda, São Paulo registrou desde o início da pandemia 416.434 casos confirmados de Covid-19, com 19.788 mortes causadas pela doença.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up