July 23, 2020 / 2:58 PM / 13 days ago

China lança missão não tripulada para Marte

WENCHANG, China (Reuters) - A China lançou uma sonda não tripulada a Marte com sucesso nesta quinta-feira, sua primeira missão independente a outro planeta e uma exibição de proeza técnica e ambição de integrar o clube de elite de países que realizam incursões espaciais.

Pessoas acompanham lançamento de missão chinesa não tripulada para Marte em Wenchang, na província de Hainan 23/07/2020 China Daily via REUTERS

O maior foguete de transporte chinês, o Longa Marcha 5 Y-4, partiu com a sonda à 0h41 (horário local) do Centro Espacial de Wenchang, situado em Hainan, uma ilha do sul.

Em 2020, Marte está em sua maior proximidade da Terra —uma distância de cerca de 55 milhões de quilômetros—, uma janela de cerca de um mês que se abre a cada 26 meses.

A sonda deve chegar a Marte em fevereiro, quando tentará pousar em Utopia Planitia, um vasto planalto do hemisfério norte, e acionar um jipe para explorar o planeta durante 90 dias.

Se bem-sucedida, a Tianwen-1, ou “Perguntas ao Céu”, título de um poema escrito dois mil anos atrás, fará da China o primeiro país a orbitar, pousar e acionar um jipe em sua missão inaugural.

Haverá desafios pela frente quando a espaçonave se aproximar de Marte, disse Liu Tongjie, o porta-voz da missão, aos repórteres antes do lançamento.

“Ao chegar à vizinhança de Marte, é muito crítico desacelerar”, alertou.

Liu disse que a sonda orbitará Marte durante cerca de dois meses e meio e procurará uma oportunidade para entrar em sua atmosfera e efetuar um pouso suave.

“Entrar, desacelerar e pousar (EDL) é (um processo) muito difícil”, disse.

Desde 1960, metade das mais de 50 missões a Marte, incluindo sobrevoos, fracassaram devido a problemas técnicos.

A China já havia tentado uma abordagem com a Rússia em 2011, mas a espaçonave russa que levava a sonda não conseguiu sair da órbita da Terra e se desintegrou sobre o Oceano Pacífico.

Oito espaçonaves —norte-americanas, europeias e indianas—ou estão orbitando Marte ou em sua superfície, e outras missões estão em andamento ou planejadas.

Os Emirados Árabes Unidos lançaram uma missão marciana na segunda-feira, um veículo orbital que estudará a atmosfera do planeta.

Os Estados Unidos podem enviar uma sonda a Marte até o final de julho. Ela usará um jipe chamado Perseverance, o maior, mais pesado e mais avançado dos veículos já enviados pela Agência Aeroespacial dos EUA (Nasa) ao astro vermelho.

(Reportagem adicional de Liangping Gao, em Pequim)

((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below