July 23, 2020 / 10:44 PM / 17 days ago

Brasil passa de 84 mil mortes por coronavírus e registra quase 60 mil novos casos

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou nesta quinta-feira 59.961 novos casos de coronavírus, atingindo um total de 2.287.475, informou o Ministério da Saúde, no que se torna o segundo dia com maior número de infecções confirmadas desde o início da pandemia.

Funcionários de cemitério em Nova Iguaçu (RJ) carregam caixão de vítima da Covid-19 durante enterro 16/07/2020 REUTERS/Pilar Olivares

O país ainda contabilizou nas últimas 24 horas mais 1.311 óbitos em decorrência da doença, o que eleva a contagem total de mortes a 84.082.

Na véspera, o Brasil havia verificado um recorde diário no número de casos, com mais de 67 mil, depois que alguns Estados reportaram dificuldades no preenchimento de dados durante o final de semana, provocando um acúmulo nos registros.

Além disso, o recorde de casos também ocorreu após o ministério publicar uma portaria exigindo que todos os testes de Covid-19 realizados no Brasil passassem a ser notificados — antes, a contabilização englobava apenas laboratórios oficiais e parte da rede privada.

O Brasil é o segundo país do mundo com maior número de casos e mortes por coronavírus, atrás apenas dos Estados Unidos.

Em entrevista coletiva concedida em visita ao Paraná nesta quinta-feira, o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, reforçou as diferenças entre as curvas de óbito e contágio, voltando a dizer que é natural que o número de casos aumente no período de inverno.

“Uma coisa é a curva crescente de contaminação, outra coisa é a curva de óbito... Cabe a nós, gestores, evitar que a curva de óbito ‘plugue’ na curva de contaminação”, afirmou Pazuello, que na quarta-feira já havia dito que vê o número de mortes “sob controle”.

São Paulo continua sendo o Estado mais afetado pela doença no país, com 452.007 casos e 20.894 óbitos. Nesta quinta, depois de o Estado registrar na véspera o segundo dia com maior número de infecções desde o início da pandemia, o governo disse que o alto número deveu-se justamente à instabilidade na base de dados do Ministério da Saúde.

Os mais de 12 mil casos verificados em São Paulo nesta quinta também possuem um “rescaldo de notificações” pendentes por causa do problema técnico, segundo o governo estadual. [nL2N2EU1EA]

Na sequência da lista do ministério dividida por Estados vêm Ceará e Rio de Janeiro —o Estado nordestino possui maior contagem de casos (156.242, ante 151.549 no Rio), mas o número de óbitos é maior no Estado do Sudeste (12.535, ante 7.374 no Ceará).

Enquanto isso, Minas Gerais se juntou ao grupo de Estados brasileiros com mais de 100 mil casos confirmados de Covid-19, no qual também já estavam Pará, Bahia e Maranhão.

O Brasil possui 1.570.237 pacientes recuperados da doença, além de 633.156 em acompanhamento, de acordo com o ministério.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below