July 28, 2020 / 10:18 PM / 13 days ago

Brasil tem 921 novas mortes por Covid-19, mas não inclui dados de SP

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil registrou nesta terça-feira 921 novas mortes devido à Covid-19 e totaliza 88.539 óbitos provocados pela doença desde o início da pandemia de coronavírus, informou o Ministério da Saúde.

Profissionais da área da saúde examinam paciente com Covid-19. 02/07/2020. REUTERS/Ricardo Moraes.

O país, que é o segundo do mundo mais afetado pela pandemia, atrás apenas dos Estados Unidos, também registrou mais 40.816 casos de Covid-19, chegando a um total de 2.483.191 até o momento.

Os números divulgados pelo ministério nesta terça, porém, não incluem os registros de casos e mortes em São Paulo, Estado mais afetado pela pandemia no país, que não teve as contagens diárias divulgadas nas plataformas do governo federal ou do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Segundo o ministério, isso ocorreu por causa de dificuldades relatadas pela Secretaria de Saúde paulista para exportar a base de dados a tempo de atualizar o painel nacional.

A pasta também revelou que a Secretaria de Saúde do Pará verificou inconsistências e corrigiu duplicidades informadas anteriormente. “Por isso, o número total de óbitos informados hoje é menor do que o reportado ontem”, disse.

Diante da expansão recente no número de casos no país, o Ministério da Saúde tem afirmado que o avanço no Sul do país é a principal razão para o salto, defendendo que a chegada do inverno reforça a tendência de aumento no número de infecções.

A posição sobre sazonalidade, porém, diverge da Organização Mundial da Saúde (OMS), que disse nesta terça-feira que o coronavírus não compartilha a tendência do vírus da gripe de acompanhar as estações e classificou a Covid-19 como “uma grande onda”.

Em contato com a Reuters, o ministério disse ainda que uma portaria editada na semana passada, que tornou obrigatória a notificação oficial de testes de Covid-19 realizados por qualquer laboratório do Brasil, não teve impacto nos números até o momento.

Apesar da não divulgação de novos casos e óbitos nesta terça, São Paulo segue de forma isolada como o Estado mais atingido pela Covid-19 no Brasil, com os 487.654 casos e 21.676 óbitos vistos na véspera.

Ceará e Rio de Janeiro continuam dividindo o segundo lugar da lista. O Estado nordestino possui maior número de casos —165.550, ante 159.639 no Rio—, mas o Estado do Sudeste registrou mais mortes em decorrência do coronavírus (13.033, ante 7.613 no Ceará).

O Distrito Federal passou a figurar nesta terça-feira no grupo dos entes federativos que têm mais de 100 mil casos confirmados de Covid-19, no qual também já estavam Bahia, Pará, Minas Gerais e Maranhão.

O Brasil possui ainda 1.721.560 pacientes recuperados da doença, além de 673.092 em acompanhamento, segundo o Ministério da Saúde.

A taxa de mortalidade da doença no país é de 3,6%.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below