for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Nacional

Brasil chega a 136.895 mortes por Covid-19

Funcionária de laboratório na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), onde testes com a vacina da Oxford/AstraZeneca contra o coronavírus estão sendo conduzidos. 24/6/2020. REUTERS/Amanda Perobelli

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil chegou a 136.895 mortes em decorrência da Covid-19, após o Ministério da Saúde registrar neste domingo mais 363 vítimas fatais.

Também foram notificados 16.389 novos casos da doença provocada pelo coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país atingindo 4.544.629.

Os dados de óbitos de Tocantins (TO), Roraima (RR) e Amapá (AP) não haviam sido atualizados até o final da tarde pelos Estados em relação a sábado, segundo o ministério.

O Brasil é o segundo país do mundo com maior número de óbitos em decorrência da pandemia, atrás apenas dos Estados Unidos, e terceiro em total de casos, abaixo dos EUA e da Índia.

Estado mais afetado pelo coronavírus no Brasil, São Paulo atingiu as marcas de 935.300 casos confirmados e 33.952 óbitos.

Na sequência aparecem Bahia e Minas Gerais --o Estado nordestino soma 295.303 casos e 6.265 mortes, enquanto Minas contabiliza 270.053 infecções e 6.714 óbitos.

Ambos possuem contagens de mortes menores que a do Rio de Janeiro, quarto Estado com mais casos, que registrou até o momento 251.909 infecções e 17.677 óbitos.

Ceará, Pará e Santa Catarina completam o grupo dos sete Estados com mais de 200 mil casos de Covid-19 relatados.

Ainda segundo o ministério, o Brasil tem 3.851.227 pacientes recuperados da doença e 556.507 pessoas em acompanhamento. A taxa de letalidade da Covid-19 no país é de 3%.

Por Aluísio Alves

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up