for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ibovespa recua com exterior reticente; Localiza dispara com anúncio de fusão

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa recuava nesta quarta-feira em meio à fraqueza nos mercados no exterior, com dados econômicos dos Estados Unidos reforçando o quadro ainda difícil para a recuperação da atividade, enquanto Localiza disparava após anúncio de fusão com a Unidas levar os papéis a máximas históricas.

Painel de ações na B3 REUTERS/Amanda Perobelli

Por volta de 12:10, o Ibovespa caía 0,61%, a 96.698,93 pontos. O volume financeiro era de 8,9 bilhões de reais.

Em Wall Street, a repercussão positiva do balanço trimestral da Nike era ofuscada por dados mostrando que a atividade empresarial nos Estados Unidos desacelerou em setembro, afetada principalmente pelo setor de serviços. O S&P 500 cedia 0,37%.

No Brasil, a XP Investimentos avaliou que os holofotes também estão voltados para o palco político, com destaque para proposta de recriação do imposto sobre transações e a PEC do Pacto Federativo, conforme nota a clientes mais cedo.

DESTAQUES

- LOCALIZA ON disparava 12,70%, a 58,31 reais, após anunciar acordo que prevê incorporação de ações da Unidas pela empresa, criando uma gigante no segmento de locação de veículos. Na máxima da sessão, chegou a 60,29 reais, recorde intradia. UNIDAS ON, que não está no Ibovespa, saltava 18,36%, a 25,08 reais, tendo alcançado 25,95 reais no melhor momento.

- IRB BRASIL RE avançava 7,83%, após divulgar prejuízo líquido de 62,4 milhões de reais em julho, reduzindo a perda de 292,6 milhões de reais um mês antes. Excluindo-se o impacto dos negócios descontinuados, o mês de julho registraria lucro líquido 36 milhões de reais.

- MARFRIG ON recuava 3,68%, com o setor de proteínas entre os destaques de baixa, com MINERVA ON caindo 2,76% e JBS ON perdendo 1,96%. Analistas do Bradesco BBI afirmaram em nota a clientes que estão preocupados com a chance de os incêndios nos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul intensificarem os desafios enfrentados devido à escassez de gado no mercado brasileiro e impactando negativamente as margens da carne bovina.

- ITAÚ UNIBANCO PN e BRADESCO PN recuavam 1,34% e 1,41%, respectivamente, com ações de bancos como um todo no vermelho, pesando no Ibovespa, enquanto permanecem ruídos sobre eventual tributação de transações correntes, entre outros.

- LOJAS AMERICANAS PN caía 3,5%, capitaneando as perdas no setor de varejo, com nomes como LOJAS RENNER ON e GPA ON também mostrando sinal negativo.

- VALE ON subia 1,18%, atenuando a pressão de baixa no Ibovespa, enquanto o setor de mineração e siderurgia mostrava desempenho misto nessa sessão, com destaque para CSN em baixa de 1,73% e USIMINAS PNA caindo 0,74%, mas com GERDAU PN ganhando 0,29%.

- PETROBRAS PN cedia 0,14% e PETROBRAS ON subia 0,42%, com os preços do petróleo ensaiando melhora no exterior. De pano de fundo, foi deflagrada nova fase da operação Lava Jato para aprofundar investigações sobre “possíveis atos de corrupção e lavagem de dinheiro” em contratos entre a empresa e fornecedores, disse o Ministério Público Federal (MPF).

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up