for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Obama cogita nomear Hillary Clinton secretária de Estado--NBC

Barack Obama e Hillary Clinton em evento de campanha em outubro. Obama cogita tornar Hillary, sua rival nas primárias democratas, secretária de Estado REUTERS/Jim Young (UNITED STATES) US PRESIDENTIAL ELECTION CAMPAIGN 2008 (USA)

WASHINGTON (Reuters) - A senadora Hillary Clinton, que perdeu as primárias democratas para o hoje presidente eleito dos EUA Barack Obama, está sendo cotada para assumir para o cargo de secretária de Estado no governo do ex-rival, informou a rede NBC News na quinta-feira.

A reportagem citou dois conselheiros de Obama falando sob anonimato. E informou que o escritório de Hillary teria dito que qualquer decisão a esse respeito caberia ao presidente eleito.

A ex-primeira-dama, que travou uma dura batalha pela nomeação democrata, cumpre seu segundo mandato como senadora por Nova York.

Diversos outros nomes já foram cogitados para ocupar o posto de principal diplomata norte-americano. Um deles é o do senador John Kerry, candidato democrata derrotado na reeleição do presidente George W. Bush, em 2004. Sam Nunn, democrata e ex-presidente do Comitê de Serviços Armados do Senado, e Chuck Hagel, membro republicano do Comitê de Relações Exteriores do Senado, também já tiveram seus nomes citados. Outro candidato seria Bill Richardson, embaixador dos EUA na ONU durante o governo Bill Clinton e que tentou a nomeação democrata em 2008.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up