for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Exame de DNA mostra 100% de ligação com Bin Laden

Imagem de vídeo da ABC News mostra quarto em mansão onde Osama bin Laden foi morto. Exames de DNA realizados no corpo de Bin Laden mostraram praticamente 100 por cento de ligação dele com seus familiares, e uma mulher que seria uma das esposas do líder da Al Qaeda o identificou pelo nome, disse uma alta fonte de inteligência dos EUA a repórteres nesta segunda-feira. 02/05/2011 REUTERS/ABC News/Divulgação

WASHINGTON (Reuters) - Exames de DNA realizados no corpo de Osama bin Laden mostraram praticamente 100 por cento de ligação dele com seus familiares, e uma mulher que seria uma das esposas do líder da Al Qaeda o identificou pelo nome, disse uma alta fonte de inteligência dos EUA a repórteres nesta segunda-feira.

Os Estados Unidos agora estão revisando uma grande quantidade de material apreendida no complexo paquistanês onde as forças norte-americanas mataram Bin Laden, disse a fonte, falando com jornalistas sob condição de anonimato.

“Esse material está sendo explorado e analisado, e uma força-tarefa será criada pela CIA... devido ao volume de material apreendido no local da operação”, afirmou.

Uma outra autoridade dos EUA disse mais cedo nesta segunda que exames iniciais de DNA mostravam uma “correspondência muito confiável” com o líder da Al Qaeda.

O teste mostrou “alta confirmação” de que a pessoa morta em uma operação no Paquistão era Bin Laden, disse a autoridade.

Reportagem de Phil Stewart

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up