March 4, 2013 / 11:19 AM / 6 years ago

CORREÇÃO-Perspectiva de nova eleição na Itália aumenta; Grillo recebe ultimato

Líder do Movimento 5 Estrelas e comediante Beppe Grillo (D) discursa durante comício, em Roma. A Itália parecia caminhar para uma nova eleição, nesta segunda-feira, após o líder da centro-esquerda Pier Luigi Bersani lançar um ultimato ao líder do Movimento 5 Estrelas, Beppe Grillo, pedindo apoio a um governo provisório, ou "vamos todos para casa". 22/02/2013 REUTERS/Max Rossi

(Corrige no 6º parágrafo para parlamentares em lugar de senadores)

Por Steve Scherer

ROMA, 4 Mar (Reuters) - A Itália parecia caminhar para uma nova eleição, nesta segunda-feira, após o líder da centro-esquerda Pier Luigi Bersani lançar um ultimato ao líder do Movimento 5 Estrelas, Beppe Grillo, pedindo apoio a um governo provisório, ou “vamos todos para casa”.

Em uma aparição no canal estatal de tevê RAI na noite de domingo, Bersani descartou outro governo tecnocrata como o anterior, liderado por Mario Monti. A eleição da semana passada terminou sem nenhum grupo obtendo maioria no Parlamento, fazendo com que uma aliança com o rival seja a única solução para formar um governo.

“Agora (Grillo) deve dizer que o que quer, ou então vamos todos para casa, incluindo ele”, afirmou Bersani.

Os mercados financeiros estão observando a Itália de perto e a diferença entre os bônus de 10 anos italiano e os títulos alemães —uma medida de confiança do investidor— aumentou na segunda-feira para quase uma máxima em três meses, à medida que o país entrou na segunda semana de impasse político.

Na semana passada, Grillo chamou Bersani de “um homem morto que fala”, após o líder da centro-esquerda ter feito as primeiras aberturas para o movimento populista de Grillo, que se tornou o maior partido único da Itália em seu primeiro teste nacional.

Na segunda e terça-feira, Grillo irá se reunir com os 163 novos senadores do 5 Estrelas, que nunca estiveram no Parlamento antes, para conversar sobre sua estratégia antes da primeira sessão do Parlamento no dia 15 de março, e sobre as consultas formais subsequentes com o presidente Giorgio Napolitano sobre a formação de um governo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below