June 24, 2013 / 11:30 AM / 5 years ago

Síria diz que planeja participar de negociações e admite trégua

BEIRUTE, 24 Jun (Reuters) - A Síria planeja participar das negociações internacionais de paz como um meio para se chegar a um governo nacional de “verdadeira parceria”, mas não vai entregar o poder à oposição, disse o chanceler sírio, Walid al-Moualem, nesta segunda-feira.

Ministro das Relações Exteriores da Síria, Walid al-Moualem, fala em coletiva de imprensa conjunta com o chanceler do Iraque, Hoshyar Zebari, em Bagdá. A Síria planeja participar das negociações internacionais de paz como um meio para se chegar a um governo nacional de "verdadeira parceria", mas não vai entregar o poder à oposição, disse Moualem nesta segunda-feira. 26/05/2013. REUTERS/Thaier al-Sudani

Moualem disse que deve haver um cessar-fogo se as negociações de fato ocorrerem em Genebra, e que as autoridades em Damasco estão dispostas a discutir mecanismos para monitorá-lo.

O chanceler pediu aos vizinhos da Síria para não armar os rebeldes que lutam para derrubar o presidente Bashar al-Assad, e disse que a decisão tomada no sábado por países ocidentais e árabes de armar os rebeldes vai prolongar a crise e aprofundar o derramamento de sangue.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below