July 1, 2013 / 10:14 AM / 5 years ago

Alemanha diz que postura de "Guerra Fria" dos EUA seria inaceitável

BERLIM, 1 Jul (Reuters) - O governo alemão afirmou nesta segunda-feira que se reportagens de que os Estados Unidos estariam espionando em larga escala a União Europeia forem confirmadas, seria inaceitável o comportamento ao estilo da Guerra Fria entre os países que precisam de confiança mútua para criar uma nova área de comércio transatlântico.

Chanceler da Alemanha, Angela Merkel, conversa com seu porta-voz Steffen Seibert antes de reunião semanal de seu gabinete, em Berlim. Por meio de Seinert, o governo alemão afirmou nesta segunda-feira que se reportagens de que os Estados Unidos estariam espionando em larga escala a União Europeia forem confirmadas, seria inaceitável o comportamento ao estilo da Guerra Fria entre os países que precisam de confiança mútua para criar uma nova área de comércio transatlântico. 19/09/2012. REUTERS/Tobias Schwarz (GERMANY - Tags: POLITICS) - RTR38510

“Se for confirmado que as representações diplomáticas da União Europeia e os países europeus têm sido espionados, vamos dizer claramente que fazer escutas de amigos é inaceitável”, disse Steffen Seibert, porta-voz da primeira-ministra, alemã Angela Merkel. “Nós não estamos mais na Guerra Fria.”

A Alemanha busca um acordo de livre comércio entre a União Europeia e os Estados Unidos que promova o crescimento econômico e a criação de emprego, disse Seibert. Mas ele acrescentou: “A confiança mútua é necessária a fim de chegar a um acordo.”

Reportagem de Stephen Brown, Annika Breidthardt e Michelle Martin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below