July 2, 2013 / 11:19 AM / 5 years ago

Kerry diz que avançou diálogo entre EUA e Rússia sobre crise síria

U.S. Secretary of State John Kerry makes a statement to the media regarding his meeting with Russian Foreign Minister Sergey Lavrov in Bandar Seri Begawan, Brunei. Kerry disse nesta terça-feira que ele e o chanceler russo, Sergei Lavrov, fizeram progressos nos planos de fazer uma conferência de paz sobre a situação na Síria e que ambos os lados concordaram que ela deve ser realizada em breve. 2/07/2013. REUTERS/Jacquelyn Martin/Pool

BANDAR SERI BEGAWAN, Brunei, 2 Jul (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, disse nesta terça-feira que ele e o chanceler russo, Sergei Lavrov, fizeram progressos nos planos de fazer uma conferência de paz sobre a situação na Síria e que ambos os lados concordaram que ela deve ser realizada em breve.

“Ainda há coisas que têm de ser trabalhadas ao longo dos próximos dias, mas o chanceler Lavrov e eu sentimos que este encontro foi uma reunião muito útil, construtiva e produtiva”, disse Kerry a repórteres em Brunei, onde participa de uma cúpula asiática de segurança regional.

“Reduzimos algumas das opções no que diz respeito ao potencial dessa conferência. Nós dois concordamos que essa conferência deve acontecer mais cedo do que mais tarde”, disse ele, acrescentando que o encontro provavelmente ocorrerá depois de agosto.

Washington e Moscou anunciaram planos para fazer a conferência de paz em maio, mas as suas relações, desde então, se deterioraram rapidamente à medida que os confrontos no campo de batalha têm oscilado em favor do presidente sírio, Bashar al-Assad.

O governo Obama decidiu no mês passado fornecer ajuda militar aos rebeldes que lutam contra Assad, enquanto Moscou se recusou a abandonar o seu apoio ao líder sírio, a quem continua enviando armas. Kerry tem feito uma série de visitas a nações árabes para tentar coordenar a ajuda aos rebeldes.

O ponto de partida da conferência de paz era reviver um plano adotado em uma reunião sobre a Síria no ano passado, em Genebra. Naquela época, Washington e Moscou concordaram sobre a necessidade de um governo sírio de transição, mas deixaram em aberto se Assad poderia participar deste processo.

Reportagem de Lesley Wroughton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below