4 de Julho de 2013 / às 11:34 / em 5 anos

Irmandade Muçulmana é "parte da nação", diz novo presidente egípcio

CAIRO, 4 Jul (Reuters) - O novo chefe de Estado do Egito disse que a Irmandade Muçulmana faz parte do povo e é bem-vinda para ajudar a “construir a nação”, um dia após as forças militares destituírem o presidente Mohamed Mursi, noticiou a página na Internet do jornal estatal Al-Ahram.

O presidente Adli Mansour fez os comentários a jornalistas depois de ser empossado chefe de Estado interino pela Suprema Corte Constitucional no Cairo.

“O grupo Irmandade Muçulmana é parte deste povo e está convidado a participar na construção da nação, já que ninguém ficará excluído, e caso respondam ao convite, serão bem-vindos”, disse ele.

Por Tom Perry e Yasmine Saleh

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below