July 6, 2013 / 1:12 PM / 5 years ago

Padre copta é morto a tiros no Egito

CAIRO, 6 Jul (Reuters) - Homens armados mataram um padre cristão copta no norte do Sinai, no Egito, neste sábado, o que pode ser o primeiro ataque sectário desde a derrubada do presidente islâmico Mohamed Mursi, disseram fontes de segurança.

O sacerdote Mina Aboud Sharween foi atacado no início da tarde enquanto caminhava na região de Masaeed em El Arish.

O tiroteio na cidade costeira foi um dos vários ataques atribuídos aos insurgentes islâmicos, que incluem disparos contra quatro postos de controle militares na região, disseram as fontes.

Os ataques de sábado aos postos de controle ocorreram em al-Mahajer e al-Safaa em Rafah, bem como em Sheikh Zuwaid e al-Kharouba. Esses incidentes ocorreram após cinco policiais terem sido mortos em El Arish na sexta-feira. A Irmandade Muçulmana de Mursi criticou vigorosamete o papa copta Tawadros, líder espiritual de 8 milhões de cristãos coptas do Egito, por dar a sua bênção à remoção do presidente e por comparecer ao anúncio feito pelo comandante das Forças Armadas, general Abdel Fattah al-Sisi, que suspendeu a Constituição.

Reportagem de Yousri Mohamed, em Ismailia

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below