July 16, 2013 / 7:14 PM / 5 years ago

Ex-agente Snowden pede asilo temporário à Rússia

Por Steve Gutterman

MOSCOU, 16 Jul (Reuters) - O ex-agente norte-americano Edward Snowden pediu nesta terça-feira asilo temporário à Rússia, após três semanas escondido no aeroporto de Moscou para evitar ser processado nos Estados Unidos por delitos relacionados a espionagem.

Snowden está tentando obter refúgio na América Latina, depois de ter vazado detalhes de programas norte-americanos de vigilância, mas desde que viajou de Hong Kong para a Rússia, em 23 de junho, não se arriscou a embarcar em nenhum voo por temer que possa ser interceptado pelos EUA.

“Ele chegou à conclusão de que precisa escrever um pedido de asilo temporário (na Rússia), e o procedimento acaba de ser feito”, disse à Reuters o advogado Anatoly Kucherena, que se encontrou na sexta-feira com Snowden e ativistas pró-direitos humanos.

“Por ora ele não vai a parte alguma. Por ora ele planeja ficar na Rússia”, afirmou ele, acrescentando que, se Snowden obtiver o asilo temporário, deverá ter os mesmos direitos de outros cidadãos e ser livre para trabalhar e viajar na Rússia.

O requerimento de asilo pode encerrar sua vida no limbo, mas embute o risco de aprofundar a tensão entre os Estados Unidos e a Rússia, que se recusa a expulsá-lo para seu país de origem, mas o mantém a alguma distância, dizendo que ele não cruzou a fronteira.

Ao contrário do asilo político, a concessão de asilo temporário a Snowden não requer um decreto baixado pelo presidente Vladimir Putin, que pode estar considerando ser essa a melhor opção para minimizar os danos às relações com os EUA, sem parecer fraco aos olhos dos russos.

ÁREA NEUTRA

O Kremlin procurou distanciar Putin da decisão do asilo, que formalmente é uma atribuição das autoridades de imigração, mas de modo geral se espera que vá parar nas mãos do presidente.

“Se falamos de asilo temporário, esta não é uma questão para o presidente, mas para o Serviço Federal de Migração”, disse a repórteres o porta-voz de Putin, Dmitry Peskov, na cidade siberiana de Chita.

O diretor do Serviço, Konstantin Romodanovsky, confirmou que o órgão recebeu o requerimento de Snowden e o grupo Wikileaks, que tem ajudado o ex-agente, disse no Twitter que ele pediu “um visto para proteção temporária”.

Snowden, de 30 anos, está na área de trânsito do aeroporto Sheremetyevo, de Moscou, em um local entre a pista e o setor de controle de passaportes, espaço que a Rússia considera como sendo território neutro.

Na sexta-feira ele afirmou que buscaria refúgio na Rússia somente até poder viajar para um dos três países latino-americanos dispostos a lhe conceder asilo político -Venezuela, Bolívia e Nicarágua.

Ele disse ter que fazer isso porque os Estados Unidos e seus aliados o estavam impedindo de chegar à América Latina. Os Estados Unidos revogaram o passaporte de Snowden e pediram às nações em todo o mundo para não ajudá-lo a obter asilo.

Kucherena disse esperar uma decisão sobre o pedido de asilo de Snowden “em breve”, embora o Serviço de Migração tenha até três meses de prazo para decidir sobre o requerimento. Asilo temporário é concedido por até um ano, com possibilidade de renovação.

Reportagem de Alessandra Prentice, Maria Tsvetkova e Alexei Anishchuk em Moscou e Denis Dyomkin em Chita

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below