July 21, 2013 / 1:42 PM / 5 years ago

Bélgica tem novo rei e por um dia divisões ficam em segundo plano

BRUXELAS, 21 Jul (Reuters) - O príncipe Philippe se tornou neste domingo o novo rei da Bélgica, depois que seu pai Albert abdicou do trono em seu favor. A cerimônia deixou por um dia em segundo plano os questionamentos sobre a poder da monarquia e a capacidade do rei de unir um país dividido.

Rei Philippe da Bélgica faz juramento durante cerimônia de posse no Parlamento belga em Bruxelas, 21 de julho de 2013. O príncipe Philippe se tornou neste domingo o novo rei da Bélgica, depois que seu pai Albert abdicou do trono em seu favor. A cerimônia deixou por um dia em segundo plano os questionamentos sobre a poder da monarquia e a capacidade do rei de unir um país dividido. 21/07/2013 REUTERS/BELGA/Bruno Fahy

Philippe, de 53 anos, prestou juramento nas três línguas oficiais do país —holandês, francês e alemão— duas semanas depois do rei Albert, de 79 anos, ter anunciado que abdicaria após 20 anos no trono.

Depois de assinar o ato legislativo de abdicação no palácio real, Albert agradeceu a mulher e disse que o seu filho tinha todas as qualidades para servir bem ao país.

“Minha recomendação final a todos reunidos aqui é trabalhar sem descanso para manter a Bélgica unida”, afirmou ele.

Philippe, o novo rei, voltou ao tema quando discursou ao Parlamento. Segundo ele, a riqueza da Bélgica está na sua diversidade.

“UM REI, DUAS NAÇÕES”

Philippe é o sétimo rei do dividido país de 183 anos. Muitos falantes do holandês buscam maior autonomia para o norte e desconfiam de uma monarquia vista como muito ligada ao antes poderoso, mas agora mais pobre, sul, onde a língua francesa predomina.

“Um rei, duas nações”, era a manchete do jornal L’Echo, em francês.

Do lado de fora do palácio, uma multidão se reunia em clima de festa, sob intenso calor. O novo rei foi saudado com bandeiras quando apareceu na sacada com a sua mulher, Mathilde.

Houve algumas vozes destoantes. Jan Jambon, líder parlamentar de um partido favorável à independência do norte e à instauração de um regime republicano, declarou: “Isso não faz os cabelos do meu braço se arrepiarem. Isso é parte do meu trabalho como legislador. Caso contrário, em nada me afetaria.”

Por Robert-Jan Bartunek e Philip Blenkinsop

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below