July 21, 2013 / 7:08 PM / 5 years ago

Ataques de guerrilha deixam 19 militares mortos na Colômbia

TAME, Colômbia, 21 Jul (Reuters) - Pelo menos 19 militares morreram na Colômbia em dois ataques atribuídos à guerrilha das Farc, no mais forte golpe que sofrem as forças drmadas do país por parte desse grupo rebelde desde que se iniciaram as negociações de paz com o governo, informou neste domingo autoridades do governo.

O ataque mais forte, em que morreram 15 militares, ocorreu no sábado em uma estrada entre os municípios de Tame e Fortul, no departamento de Arauca, uma próspera região petrolífera e de pecuária na divisa perto da fronteira com a Venezuela.

Os militares estavam fazendo a segurança das obras de construção de um oleoduto quando foram atacados com armas de longo alcance e explosivos, disseram fontes militares que reportaram ainda a prisão de 11 guerrilheiros.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, foi para a região para participar de um conselho de segurança com os comandantes militares.

Em outro combate que se registrou no sábado no departamento de Caquetá, no sul do país, morreram seis guerrilheiros das Farc e quatro soldados, informou o exército.

Reportagem de Monica García

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below