July 24, 2013 / 2:44 PM / 5 years ago

Polícia indiana prende diretora de escola onde 23 morreram envenenados

NOVA DÉLHI, 24 Jul (Reuters) - A polícia indiana prendeu nesta quarta-feira a diretora de uma escola onde 23 crianças morreram após consumir alimentos contaminados com pesticida, num dos piores casos de contaminação alimentar nos últimos anos no país.

A mulher, que passou mais de uma semana foragida, foi detida quando se dirigia a um tribunal para se render, segundo Sujit Kumar, superintendente policial do distrito de Saran, no Estado de Bihar, no leste da Índia.

Os alunos da pequena escola de uma só sala passaram mal em 16 de julho, apresentando vômitos e cólicas minutos depois de consumirem uma refeição à base de arroz, batata, soja e curry. Muitas delas morreram em questão de horas.

Uma perícia mostrou que a comida estava contaminada com o pesticida monocrotofós, proibido em muitos países. A polícia diz que a diretora poderá esclarecer como o pesticida foi parar na comida.

Reportagem de Mayank Bhardwaj e Ross Colvin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below