July 28, 2013 / 9:49 PM / 5 years ago

A voluntários da JMJ, papa pede revolução contra "cultura do provisório"

RIO DE JANEIRO, 28 Jul (Reuters) - O papa Francisco, no último compromisso de sua viagem ao Brasil neste domingo, criticou a “cultura do provisório” e fez uma defesa ao casamento em discurso a milhares de jovens voluntários da Jornada Mundial da Juventude, a quem pediu que se rebelem contra a cultura de “curtir” o momento.

Papa Francisco durante celebração de missa na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro. No último compromisso de sua viagem ao Brasil neste domingo, o pontífice criticou a "cultura do provisório" e fez uma defesa ao casamento em discurso a milhares de jovens voluntários da Jornada Mundial da Juventude, a quem pediu que se rebelem contra a cultura de "curtir" o momento. 27/08/2013. REUTERS/Luca Zennaro/Pool

“Há quem diga que hoje o casamento está fora de moda. Na cultura do provisório, do relativo, muitos pregam que o importante é curtir o momento... Em vista disso, eu peço que vocês sejam revolucionários, que vão contra a corrente. Sim, nisto peço que se rebelem, que se rebelem contra esta cultura do provisório”, afirmou o pontífice em evento no Riocentro, arrancando aplausos de 12 mil voluntários.

O pontífice argentino direcionou aos jovens a maioria de seus discursos durante a viagem ao Brasil, pedindo que sejam protagonistas de mudanças em busca de um mundo melhor.

Aos voluntários, cerca de 60 mil que ajudaram na organização do evento no Rio de Janeiro, o papa fez um agradecimento especial por terem sido “instrumento para que milhares de jovens tivessem o caminho preparado para encontrar Jesus”.

O papa, de 76 anos, lembrou de quando, ainda adolescente, sentiu pela primeira vez o chamado de Deus. “Nunca me esquecerei daquele 21 de setembro, eu tinha 17 anos, quando, depois de passar pela Igreja de San José de Flores para me confessar, senti pela primeira vez que Deus me chamava”, disse.

“Não tenham medo daquilo que Deus lhes pede! Vale a pena dizer ‘sim’ a Deus”, afirmou.

O agradecimento aos voluntários foi o último evento de Francisco antes da cerimônia oficial de despedida, no aeroporto internacional do Galeão. O pontífice, que desembarcou no Brasil na segunda-feira, viaja às 19h para Roma.

Neste domingo de manhã, Francisco celebrou uma missa diante de mais de 3 milhões de pessoas na praia de Copacabana.

Por Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below