August 10, 2013 / 3:33 PM / 4 years ago

Presidente curdo do Iraque diz que está pronto para defender os curdos na Síria

Por Sylvia Westall

BAGDÁ (Reuters) - O Curdistão iraquiano está pronto para defender os curdos que moram na Síria, se ficar comprovado que eles estão sendo ameaçados por combatentes ligados à al Qaeda envolvidos na guerra da Síria, disse o presidente da fortemente armada região autônoma.

Em uma carta publicada online no sábado, Masoud Barzani disse que ele tinha ordenado que representantes curdos se dirigissem à vizinha Síria, para investigar novos relatos de que “terroristas da al Qaeda estão atacando a população civil e assassinando mulheres e crianças inocentes curdas.”

Sua declaração foi mais um sinal de como o conflito da Síria, que já dura dois anos, está atravessando suas fronteiras e agravando as tensões sectárias nos países adjacentes.

“Se os relatos forem verdadeiros, mostrando que os cidadãos, as mulheres e os filhos de curdos inocentes estão sob a ameaça de assassinato e terrorismo, a região do Curdistão do Iraque fará uso de todos os seus recursos para defender mulheres, crianças e cidadãos inocentes,” dizia a declaração de Barzani.

A carta de Barzani foi enviada na quinta-feira para o comitê preparatório da Conferência Nacional Curda a ser realizada na cidade de Arbil, no norte do Curdistão, no final do mês. A conferência inclui representantes do Iraque, Síria, Turquia e Irã. Barzani pediu ao comitê que forme um grupo que irá para a Síria.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below