August 14, 2013 / 10:43 AM / 4 years ago

Sequestrador e refém são mortos em agência bancária dos EUA

Por Kathy Finn

NOVA ORLEANS, 14 Ago (Reuters) - Uma equipe Swat da polícia dos EUA invadiu um banco rural no Estado da Louisiana na madrugada desta quarta-feira e matou um homem armado que havia atirado em dois reféns, dos quais um morreu mais tarde.

Em um final dramático para um impasse que durou 12 horas, o porta-voz da Polícia Estadual Albert Paxton disse que os policiais entraram no banco na pequena cidade de St. Joseph logo após a meia-noite porque o atirador estava ameaçando matar um ou ambos os reféns.

O homem, identificado como o jovem de 20 anos Fuaed Abdo Ahmed, disparou contra os dois reféns quando a polícia invadiu o local. Policiais então abriram fogo e o mataram, disse Paxton.

“Ele estava com raiva e queria matar os reféns”, disse Paxton sobre o atirador, que inicialmente fez três funcionários do banco como reféns, mas liberou uma mulher depois de várias horas.

Os dois reféns feridos foram levados para hospitais locais, mas um deles morreu mais tarde, disse o sargento da polícia Erico Cuenca. O outro estava em estado crítico.

Ahmed sofria de esquizofrenia paranóide e queixava-se de ouvir vozes, segundo a polícia.

Ahmed nasceu na Califórnia filho de pais iemenitas. A polícia disse que não havia nenhuma indicação de qualquer ligação entre o incidente com as recentes ameaças de ataques contra os Estados Unidos provenientes do Iêmen.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below