August 25, 2013 / 1:18 PM / 4 years ago

Rebelde ligado à al Qaeda ameaça retaliação na síria

DUBAI, 25 Ago (Reuters) - Um comandante rebelde afiliado à al Qaeda na Síria prometeu atacar com foguetes as comunidades de minoria alawita, do presidente sírio Bashar al-Assad, em retaliação a um suposto ataque químico perto de Damasco, de acordo com uma gravação de áudio, divulgada no domingo.

“Para cada foguete químico que caiu sobre nosso povo em Damasco, uma de suas aldeias vai, de acordo com a vontade de Deus, pagar por isso”, disse Abu Mohammad al-Golani, da Frente al Nusra, em gravação postada no YouTube.

“Além disso, vamos preparar mil foguetes que serão lançados em suas cidades em vingança ao massacre na região de Ghouta, em Damasco.”

A oposição síria acusou as forças do governo de um ataque na semana passada, aos subúrbios da capital, em poder dos rebeldes, em que gás venenoso parece ter matado centenas de pessoas.

“Para as mães em luto e o povo de Ghouta, digo que seu sangue é uma dívida que nós e cada mujahid (guerreiro santo islâmico) temos que pagar”, disse Golani na gravação intitulada, “olho por olho”.

O grupo foi formalmente declarado como uma organização terrorista pelos EUA, uma ação que foi confirmada por uma declaração em abril de que eles estavam se fundindo com o grupo da al Qaeda do Iraque. Washington agora diz que Nusra é pouco mais do que uma fachada para a al Qaeda.

Por Mahmoud Habboush

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below