September 10, 2013 / 11:26 AM / 4 years ago

China apoia proposta russa para entrega de armas sírias

PEQUIM, 10 Set (Reuters) - A China disse nesta terça-feira que apoia a proposta russa para que a Síria entregue suas armas químicas para destruição, um plano que pode evitar um planejado ataque militar dos Estados Unidos em resposta ao suposto uso de tais armas contra civis.

O presidente dos EUA, Barack Obama, argumenta que o presidente da Síria, Bashar al-Assad, que tenta manter o domínio de quatro décadas de sua família, deve ser punido pelo que Washington diz ter sido o uso de gás venenoso contra áreas controladas por rebeldes, matando 1,4 mil pessoas, em 21 de agosto.

Horas após o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, comentar na segunda-feira que um ataque militar poderia ser evitado caso a liderança síria entregasse suas armas químicas, o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, disse ter feito essa proposta ao chanceler sírio em visita a Moscou.

“Nós saudamos e apoiamos à proposta russa”, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China a repórteres durante uma coletiva de imprensa.

“Desde que seja uma proposta que ajude a amenizar a tensa situação atual da Síria, beneficie a manutenção da paz e a estabilidade na Síria, e beneficie uma resolução política, a comunidade internacional deve considerá-la positivamente”, disse Hong.

Reportagem de Ben Blachard e Michael Martina

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below