September 17, 2013 / 11:54 AM / in 5 years

Snowden é indicado a prêmio de direitos humanos do Parlamento Europeu

BRUXELAS, 17 Set (Reuters) - O analista de inteligência norte-americano Edward Snowden está na disputa por um prêmio de direitos humanos europeu que já teve como ganhadores Nelson Mandela e a líder de oposição de Myanmar Aung San Suu Kyi.

Manifestantes erguem cartaz em defesa do ex-prestador de serviço de uma agência de espionagem dos EUA Edward Snowden, durante protesto em frente ao consulado dos EUA em Hong Kong. Snowden está na disputa por um prêmio de direitos humanos europeu que já teve como ganhadores Nelson Mandela e a líder de oposição de Myanmar Aung San Suu Kyi. 13/06/2013. REUTERS/Bobby Yip

Snowden, que é procurado pelos EUA e está asilado na Rússia, é um dos sete nomes indicados por membros do Parlamento Europeu para o Prêmio Sakharov pela liberdade de pensamento. A indicação provavelmente vai desagradar a Washington, que quer julgá-lo por acusações de espionagem.

Snowden foi nomeado pelos Verdes no Parlamento Europeu, que disseram que ele prestou um “enorme serviço” pelos direitos humanos e aos cidadãos europeus por ter feito revelações sobre programas dos EUA para vigilância da Internet e de telefonemas.

“Edward Snowden arriscou sua liberdade para nos ajudar a nos protegermos e ele merece ser homenageado por ter lançado luz sobre sistemáticas infrações a liberdades civis feitas pelos serviços secretos dos EUA e da Europa”, disseram as líderes dos Verdes, Rebecca Harms e Dany Cohn-Bendit.

As revelações de que a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) monitora grandes quantidades de dados de email e telefonia tanto de norte-americanos como estrangeiros, assim como relatos de que Washington espionou países da União Euopeia, causaram indignação em capitais da Europa.

Os outros nomeados incluem Malala Yousafzai, a jovem paquistanesa que levou um tiro na cabeça do Taliban no ano passado por cobrar educação para meninas, e o ex-magnata do petróleo russo Mikhail Khodorkovsky, um crítico do presidente Vladimir Putin que foi condenado por lavagem de dinheiro, evasão fiscal e fraude.

Os comitês do Parlamento Europeu votam em um lista final de três nomes em 30 de setembro. O vencedor será escolhido pelos líderes parlamentares em 10 de outubro.

Reportagem de Adrian Croft

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below