September 20, 2013 / 2:56 PM / in 5 years

Síria entrega detalhes sobre armas químicas a órgão fiscalizador

Por Anthony Deutsch

HAIA, 20 Set (Reuters) - A Síria entregou detalhes sobre as armas químicas do país à Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPCW, na sigla em inglês) em Haia, informou a organização à Reuters nesta sexta-feira.

Acredita-se que a Síria possua cerca de 1.000 toneladas de toxinas químicas, e o país concordou em destruí-los sob um acordo fechado por Rússia-EUA destinado a evitar um ataque dos EUA contra a Síria.

“Recebemos parte da verificação e esperamos mais”, disse um porta-voz da OPCW.

Um diplomata da ONU, falando sob condição de anonimato, confirmou que os detalhes foram submetidos. “É bem longo... e está sendo traduzido.”

Os principais membros da organização têm que votar, provavelmente na próxima semana, em um plano destinado a acelerar a destruição dos arsenais químicos da Síria, até meados de 2014.

O plano surgiu a partir de uma ameaça dos EUA de atacar a Síria em resposta a um ataque com gás venenoso que matou centenas de civis nos arredores de Damasco, no mês passado.

Reportagem adicional de Michelle Nichols

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below