September 24, 2013 / 3:00 PM / 4 years ago

Obama diz que caminho diplomático para Irã deve ser testado

NAÇÕES UNIDAS, 24 Set (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou em discurso na Assembleia-Geral da ONU, nesta terça-feira, que deve haver base para um acordo sobre o programa nuclear iraniano, mas que as barreiras serão difíceis de serem superadas.

Em discurso no qual destacou a política externa dos EUA para as instáveis regiões do Oriente Médio e norte da África, Obama deixou claro que os EUA vão tomar ação direta para eliminar as ameaças quando necessário, e irão usar a força militar quando a diplomacia falhar.

Sobre as aberturas diplomáticas oferecidas pelo novo presidente iraniano, Hassan Rouhani, Obama disse que os EUA querem resolver a questão nuclear iraniana de forma pacífica, mas estão determinados a impedir que o Irã desenvolva uma arma nuclear.

“Os obstáculos podem se provar grandes, mas eu acredito firmemente que o caminho diplomático deve ser testado”, disse Obama.

Obama exortou o Conselho de Segurança da ONU a aprovar uma resolução firme para garantir que a Síria mantenha seus compromissos sobre a entrega das armas químicas, e disse que os EUA vão fornecer ajuda humanitária adicional de 340 milhões de dólares à Síria.

Reportagem de Steve Holland

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below