September 29, 2013 / 12:09 PM / 5 years ago

Mortos em terremoto no Paquistão chegam a 515, insurgentes atrapalham resgate

ARAWAN, Paquistão, 28 Set (Reuters) - O total de mortos em um terremoto no sudoeste do Paquistão chegou a 515, disse uma autoridade provincial na sexta-feira, enquanto ataques de insurgentes ameaçam os esforços de resgate e os sobreviventes reclamam de falta de abrigos para fugir do sol abrasador.

Sobreviventes do terremoto que atingiu o sudoeste do Paquistão na última quarta-feira. Uma autoridade provincial afirmou na sexta-feira que o total de mortos no desastre chegou a 515. 25/09/2013 REUTERS/Sallah Jan

Babar Yaqoob, secretário-chefe do Baluchistão, atualizou o número de mortos enquanto visitava a região destruída de Awaran, atingida por um tremor de magnitude 7,7 na terça-feira.

Um abalo secundário de magnitude 6,8 atingiu a mesma região no sábado, derrubando mais prédios em meio aos esforços de busca e resgate. Autoridades locais disseram por telefone que provavelmente o segundo terremoto causou mais mortes.

Corpos ainda estavam sendo descobertos em casas cujas paredes de barro e vigas de madeira no telhado caíram.

“Minha filha foi morta quando minha casa caiu —eu também estava dentro de casa, mas consegui sair”, disse Gul Jan, de 70 anos. “Estamos sentados debaixo do sol ardente e precisamos de abrigo.”

A área árida também é um baluarte dos insurgentes separatistas do Baluchistão, que duas vezes atiraram nos helicópteros que transportavam militares responsáveis pela resposta ao desastre.

Por Gul Yousufzai

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below